Terra Livre Alagoas participa de jornada pela desapropriação da Usina Laginha

Foram três dias de jornada de luta em Maceió, de 4 a 6 de setembro, que reuniu nove movimentos de luta pela terra, pela desapropriação da Usina Laginha, na Zona da Mata de Alagoas, e pela Reforma Agrária.

A Usina Laginha, pertencente ao grupo João Lyra, teve falência decretada pela Justiça em 2008. A dívida do grupo, com encargos trabalhistas e pagamentos a fornecedores, chega a mais de R$ 2 bilhões. O INCRA – AL firmou compromisso há vários anos de desapropriar esta e outras terras de João Lyra , mas o sufocamento da reforma agrária causada pelo governo federal impediu o prosseguimento da execução.

Enquanto isso, centenas de trabalhadores sem terra ocupam e produzem nestas terras, incluindo os membros do Terra Livre.

Os movimentos foram recebidos pelo governo do Estado, pelo Secretário-chefe do Gabinete Civil, Fábio Farias, além dos secretários de Agricultura, Educação, Obras, Segurança Pública e Articulação Social. O governo afirmou compromisso de desapropriar as terras da antiga usina. Vindo do coronelismo dos Calheiros, não podemos baixar a guarda. Compromisso é documento assinado e dinheiro na conta para a desapropriação e auxílio técnico aos agricultores!

Terras para os agricultores plantar!

Chega de latifúndios! As terras devem servir para plantar e colher alimento saudável e barato para o povo e não para o lucro de poucos!!!

Comments are closed.

Terra Livre - movimento popular do campo e da cidade
www.terralivre.org | secretaria@terralivre.org

(c) Copyleft: É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que o autor e a fonte sejam citados.