21 de abril de 2021
Home / Ações / Novas ocupações do Terra Livre em João Pessoa mostram que a luta por moradia é necessidade da classe trabalhadora

Novas ocupações do Terra Livre em João Pessoa mostram que a luta por moradia é necessidade da classe trabalhadora

No fim de 2020 e início de 2021, duas novas ocupações por moradia do Terra Livre se consolidaram em João Pessoa – PB: Chico Mendes, no Bairro das Indústrias, e Terra Livre, no Centro.

A ocupação Chico Mendes é composta por 60 famílias que estão construindo as suas casas em um terreno abandonado no Bairro das Indústrias. O terreno fica nas margens da mata do Rio Janjão, uma área de floresta que deveria estar sendo preservada pelo poder público. Entretanto, este terreno servia para descarte de lixo e entulhos e acesso livre para a degradação da mata.

Desde o início da ocupação, o movimento vem atuando para a luta por moradia e proteção da floresta, que fornece bem-estar e serviços ecossistêmicos (sombra, temperatura fresca, controle de pragas, água, etc.) à toda a comunidade. Por isso, homenageamos Chico Mendes, o grande lutador em prol das florestas e das comunidades que nelas vivem, assassinado no Acre em 1988.

Também, iniciou-se um projeto para se constituir um saneamento ecológico, através da construção de círculo de bananeiras e fossas ecológicas.

Se a prefeitura e o poder público não fazem, o movimento de moradia se organiza e luta pelos direitos do povo!

A ocupação Terra Livre é composta por 30 famílias que ocuparam um prédio abandonado no centro, em uma das principais avenidas da cidade, a Av. Pedro II. O prédio era do antigo Jornal O Norte e estava completamente abandonado há 10 anos. O prédio está em litígio, já que a antiga empresa deve impostos à União.

Com isso, o prédio tem problemas estruturais, principalmente relacionado com infiltrações, o que faz as famílias sofrerem com as chuvas. As chuvas no fim de fevereiro ainda inundaram a ocupação, já que toda a cidade ficou debaixo d’água com recordes de precipitação.

Por isso, criamos uma campanha de doações para ajudar as famílias e resolver o problema de infiltrações.

Agradecemos ao Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, ao Cordel, coletivo de professores da UFPB, Sindicato de Servidores do IFPB, o coletivo de professores de educação popular e todas as pessoas militantes pelo apoio e ao artista Giga Brow pelo mural que hoje cobre a frente da ocupação.

As duas ocupações são exemplos do que vem acontecendo em todo o Brasil, o povo trabalhador vai ter que ocupar para ter onde morar. Com a crise econômica e sanitária, com a carestia e o aumento dos preços, e com o desgoverno Bolsonaro atacando os direitos da classe trabalhadora e promovendo um genocídio, não resta outra alternativa que não a luta coletiva.

Estaremos ajudando a construir essa luta e nos somaremos às grandes lutas que estão por vir, potencializadas pela grande panela de pressão que esquenta nas comunidades e no seio da população, indignada com as injustiças dos superricos, seus políticos e o seu governo.

Moradia é direito,

Ocupar é preciso!!!

Fora Bolsonaro!!

Sobre secretaria

Veja Também

Ocupação Nova Esperança, União dos Palmares – AL, no caminho da vitória!

Trezentas famílias da Ocupação Nova Esperança, em União dos Palmares, Zona da Mata em Alagoas, ...